Quem Somos
Fotografia Histórica
Fotos de Antepassados
Ciclo do vinho do Porto
Notícias
Não há notícias disponíveis de momento
Pesquisa


Um retrato de Portugal no século XX

 

Ainda que a Foto Beleza tenha surgido na primeira década do século XX, em termos de fotografia de exterior e de outros tipos de fotografia que não o retrato, o espólio subsistente é maioritariamente das décadas de 1920, 1930, 1940 e 1950. Corresponde, pois, quase totalmente à época do Estado Novo. Naturalmente, este espólio de fotografia de exterior é maioritariamente constituído por temas do Porto e da região envolvente. Porém, atendendo à sua diversidade em termos de regiões e de temáticas representadas, assim como ao número de clichés, o Espólio Fotográfico Português praticamente constitui um retrato de Portugal do século XX.
Estamos a falar de mais de 600 000 negativos, metade dos quais já digitalizados até 2008. Destes, perto de 11 000 negativos correspondem a fotografias de exterior ou com carácter documental, a maior parte em vidro e com formato próximo da actual norma A5, embora também existam vários negativos mais tardios em película, geralmente em pior estado de conservação.
Quase todas as fotografias de exterior estão identificadas na margem do negativo, por vezes com o nome do cliente e até com a data da reportagem. Muito poucos destes negativos ficaram por identificar, não chegando a 1% do total. Trata-se de uma informação excepcional, não só por facilitar as pesquisas através de palavras-chave, mas também pelo maior rigor que se pode colocar na identificação e catalogação, sobretudo não sendo hoje fácil reconhecer quais os locais em que foram recolhidas as imagens. As transformações sofridas pelo território português nas últimas décadas converteram em verdadeiras preciosidades várias destas fotografias - mesmo algumas com menos de 50 anos, atendendo ao registo de paisagens, costumes e vivências já totalmente perdidas. Por conseguinte, a importância deste espólio é indiscutível e tende a aumentar à medida que o tempo vai passando. Estamos mesmo persuadidos que, nas próximas décadas, virão a ser fundamentados, total ou parcialmente, neste espólio, vários trabalhos de História Urbana e História Local, de História da Arquitectura, de História da Família, de História da Indústria e de mais vertentes da História Portuguesa do século XX, assim como de outras áreas científicas (como a Etnografia).
No espólio da Foto Beleza, as fotografias de cidades e vilas cobrem praticamente todo o Portugal Continental, com especial incidência na região do Porto, no Minho, na Beira Litoral, no Alentejo e no Algarve. Uma vez que os núcleos de fotografias de empresas e associações correspondem quase sempre à cidade do Porto ou à região envolvente, deduzimos que as fotografias de cidades e vilas não foram todas feitas por encomenda. Muitas delas serviriam para constituir um banco de imagens, que a Casa poderia reproduzir e vender sempre que necessário. Como é óbvio, as fotografias tiradas a instituições e fábricas integravam por norma reportagens fotográficas encomendadas.

 

Aliás, existem mesmo no espólio umas caixas de negativos catalogadas como "Lisboa-Porto", indício de fotografias de viagem. Não por acaso, existem também no espólio muitas fotografias das localidades situadas no eixo entre as duas principais cidades portuguesas.

Alguns clientes da Foto Beleza eram editores de postais (como a "Havaneza" de Tomar) e também casos há em que foram repartidos os clichés sobre um mesmo tema como "da Casa" ou de "reprodução interdita", por terem sido adquiridos os direitos por parte de editores. No caso das vistas de Tomar, vários clichés que não foram reproduzidos para a "Havaneza" passaram a ser considerados da Casa. Na análise forçosamente superficial que fizemos a um espólio tão vasto e ainda não totalmente digitalizado no momento em que escrevemos estas linhas, encontrámos mesmo um cliché de Vila Nova de Ourém que sabemos ter sido publicado em postal ilustrado. Certamente que terão existido outros.
Para além da vasta colecção de retratos e do importante núcleo de fotografia de exterior ligado ao Vinho do Porto (paisagem duriense, ciclo produtivo do vinho e respectivas empresas) tratado à parte nesta obra, o espólio da Foto Beleza integra ainda três outros tipos de fotografia:

 

- Fotografia de paisagem
Neste conjunto têm primazia as paisagens urbanas, não só do Porto e arredores, mas também de outras cidades e vilas portuguesas, assim como de algumas aldeias, com os inevitáveis clichés de costumes.

 

- Fotografia empresarial, associativa e institucional
Predominam neste conjunto as fotografias de fábricas, mas também podem ser encontrados clichés de empresas de comércio e serviços, de associações e de outras instituições.

 

- Fotografia documental, de grupos e de eventos
Nem sempre enquadráveis nos conjuntos anteriores são as fotografias de carácter documental, nomeadamente algumas reportagens fotográficas a recheios de casas, clichés de documentos antigos, de peças de arte e de monumentos - não só os antigos como algumas daquelas obras de arquitectura e engenharia mais marcantes no século XX. Existe ainda um pequeno núcleo com fotografias de personalidades (especialmente artistas de teatro), grupos familiares e mesmo alguns eventos.

 

A selecção de imagens que fizemos pretende constituir apenas uma primeira abordagem a esta vertente do Espólio Fotográfico Português, uma abordagem que, apesar de ser minimamente representativa da sua diversidade, ainda assim é incipiente e algo redutora.

 
Ver Catálogo